ACONTECE

Dia Nacional do Livro Infantil



Dia Nacional do Livro Infantil

O Dia Nacional do Livro Infantil, 18 de abril , foi marcado por diversas atividades no Colégio Salesiano Dom Bosco de Rio do Sul. A turma do Projeto Conviver fez uma arvore do livro e participou, no período da manhã, de uma contação de história na Fundação Cultural de Rio do Sul. No período da tarde , o Boa Tarde, conduzido pelo 1º ano do Ensino Fundamental,  referenciou a data fazendo uma leitura de Monteiro Lobato e o 4º ano realizou uma troca de livros no pátio da escola. De olhinhos atentos os bebês do berçário também se encantaram com uma contação de história ao ar livre debaixo da árvore do livro. 


A data, 18 de abril , foi escolhida em homenagem a Monteiro Lobato , escritor que, como poucos, dedicou-se a literatura infantil no Brasil. O Dia Nacional do Livro Infantil foi instituído em 2002, ano em que foi criada a Lei 10.402/02, registrando a data de nascimento de Monteiro Lobato como o dia oficial da literatura infanto-juvenil. 

Escritor vinculado ao Pré-modernismo
 brasileiro que contribuiu com obras célebres para o público adulto, Lobato deixou também um enorme legado para a literatura, já que mais da metade de seus livros era dedicada a esse público. Sua primeira história infantil, A menina do narizinho arrebitado, foi publicada em 1920, e o sucesso do livro fez com que outros tantos surgissem, imortalizando as personagens Dona Benta, Pedrinho, Narizinho, Tia Nastácia, Emília, o Visconde de Sabugosa, entre outros, que posteriormente seriam eternizados no famoso programa de TV produzido no final dos anos 1970 até meados dos anos de 1980 e retomado no final dos anos de 1990 até meados dos anos 2000.

Monteiro Lobato foi o primeiro escritor da literatura infanto-juvenil a perceber a necessidade de inserir nas histórias para as crianças e os jovens elementos da cultura nacional, como os costumes do povo do interior e as lendas de nosso folclore. Fez isso de maneira única, combinando a identidade brasileira aos elementos da literatura universal, como a mitologia grega. Foi também o precursor da literatura paradidática, cuja principal característica é permitir que a criança aprenda enquanto brinca e lê.

Nascido em Taubaté, estado de São Paulo, no dia 18 de abril de 1882, Monteiro Lobato transformou-se em “gás inteligente” — definição bem-humorada que costumava dar à morte — no dia 04 de julho de 1948. Durante seus 66 anos de vida contribuiu intensamente para a literatura brasileira, transformando-se em referência no assunto.


Fonte: https://brasilescola.uol.com.br/datas-comemorativas/dia-nacional-livro-infantil.htm  

Compartilhe:

Marcadores: